Notícias

12 de janeiro de 2018 às 17:51

PT de Pernambuco cria bloco Sapo Barbudo em homenagem a Lula

Militantes do PT de Pernambuco lançam neste sábado (13), em Olinda, a Troça Carnavalesca Mista O Sapo Barbudo, em homenagem ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A ação é parte da mobilização nacional de apoio ao petista que será julgado em seg

Militantes do PT de Pernambuco lançam neste sábado (13), em Olinda, a Troça Carnavalesca Mista O Sapo Barbudo, em homenagem ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A ação é parte da mobilização nacional de apoio ao petista que será julgado em segunda instância no final deste mês​.

"O bloco se junta a outras atividades no país, em defesa de Lula e da democracia", diz a secretária da Cultura do PT no Estado, Teresa Huang. A concentração da troça –como os pernambucanos chamam as pequenas e improvisadas agremiações– começa às 14h, na praça do Carmo, centro histórico da cidade.

Uma orquestra de frevo e outros dois blocos ligados ao partido no Estado participam do desfile. Antes da saída, prevista para as 16h, acontece uma oficina de serigrafia para as pessoas pintarem suas camisas.

"Sapo barbudo" foi uma expressão utilizada por Leonel Brizola para se referir a Lula durante as eleições de 1989.

"Aproveitando o momento de irreverência, a gente decidiu sair com uma troça carnavalesca para também disputar a narrativa [de apoio à candidatura de Lula] nesse momento de Carnaval", diz Huang.

FREVO

O hino do bloco foi criado pelo compositor Alex Mono. A letra alfineta o juiz Sergio Moro ("vai ter que engolir"), que condenou o ex-presidente em primeira instância, e fala de "Justiça sem perseguição" e "respeito à democracia".

Há, ainda, referência a trecho do frevo "Madeira que Cupim Não Rói", de Capiba. Na versão de O Sapo Barbudo, a frase "queiram ou não queriam os juízes, o nosso bloco é de fato campeão" virou "queiram ou não queiram os juízes, o sapo barbudo vai participar da eleição".

Um clássico do Carnaval pernambucano, a canção virou símbolo da campanha de Eduardo Campos ao governo de Pernambuco, em 2006, após ser cantada pelo escritor Ariano Suassuna nos comícios do socialista e na festa de eleição.

MOBILIZAÇÃO

Além do lançamento do bloco, neste sábado os militantes do PT organizam em Pernambuco ações de panfletagem e distribuição de adesivos nas ruas, praias e nos mercados públicos.

Nos dias 23 e 24, véspera e dia do julgamento de Lula, o partido faz uma vigília na praça Tiradentes, Bairro do Recife, para acompanhar a decisão dos desembargadores do TRF-4, de Curitiba.

*

Veja a letra do hino do bloco:

A Troça do Sapo Barbudo
Composição: Alex Mono

Nossa troça tá na rua
Vem pra fazer a festa popular
É a Troça do Sapo Barbudo
Que o Moro vai ter que engolir

Queremos justiça sem perseguição
A soberania da nossa nação
Em respeito à democracia
Pelo direito do trabalhador

Queiram ou não queiram os juízes
O Sapo Barbudo vai participar da eleição

Fonte: FOLHA

comentários

| Com 18 anos no mercado de radiodifusão, a Abrolhos FM é referênc...'); }
Estúdio Ao Vivo