24 de dezembro de 2017 às 02:00

Instagram erra o próprio nome nos Termos de Uso

A rede social Instagram escreveu seu próprio nome errado, grafado "Instaram", na versão em português de seus termos de uso.

A rede social Instagram escreveu seu próprio nome errado, grafado "Instaram", na versão em português de seus termos de uso.

Entre as 5.373 palavras do documento, o nome da plataforma com erro o digitação aparece 19 vezes. "Instagram", sem erros, 97 vezes.

A versão atual dos termos de uso do Instagram está no ar desde janeiro de 2013. O erro foi corrigido após questionamento da reportagem.

Procurada, a rede social não se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

40 MINUTOS

A reportagem analisou os termos de oito serviços populares e estima que uma pessoa levaria quase 4 horas e meia para ler tudo.

Completo (com política de privacidade e termos de uso) o contrato do Instagram é o mais longo entre os analisados: levaria 40,3 minutos para ler.

Esses termos definem a relação entre o usuário e a plataforma, e estabelecem, por exemplo, que tipos de dados pessoais serão coletados e como eles serão usados.

O Instagram afirma que respeita as leis locais e que não compartilha com terceiros dados pessoais identificáveis dos usuários. "Nós podemos fornecer a parceiros anunciantes, de mensuração ou análise, informações sobre o alcance e eficácia de suas campanhas, porém ao fazê-lo, os dados são agregados e não pessoalmente identificáveis", diz em nota.

Termos de adesão

O que eles coletam

Fonte: FOLHA

comentários

| ABROLHOS FM - A PRIMEIRA DA BAHIA!'); }
Estúdio Ao Vivo