11 de julho de 2018 às 07:02

A viola caipira encontra o Led Zeppelin em novo CD do Moda de Rock

Marcelo Moreira

A ideia não é original, mas não deixa de ser inusitada: fazer rock com violas caipiras, aquelas de dez cordas. Se já tocaram rock em tudo o que é instrumento – dos pífanos à harpa, do xilofone ao berimbau -, por que não tocar Led Zeppelin na viola?

A dupla brasileira Zé Helder e Ricardo Vignini toca na banda de rock rual Matuto Moderno. São dois violeiros de mão cheia e dois ex-guitarristas de bandas de rock lá no passado – o mineiro Hélder era o único punk de sua cidade, Pouso Alegre, nos anos 80, como ele mesmo brinca.

Ambos também são professores de música e sempre desafiam os alunos que querem aprender rock na viola – “primeiro toquem Tião Carreiro e Pardinho para depois tentarem o Iron Maiden''.

O que soava como brincadeira virou um CD com releituras de rock em 2010 em um projeto chamado Moda de Rock, com os dois fazendo versões magníficas de grandes clássicos roqueiros de Ozzy Osbourne, Led Zeppelin, Jethro Tull, Metallica, Sepultura e muitos outros.

O Moda de Rock cresceu, fez turnês nacionais e internacionais e lançou mais um CD extraordinário e um DVD com a participação de grandes convidados, como Pepeu Gomes e Andreas Kisser (guitarrista do Sepultura). Qual seria o próximo passo?

“A escolha do repertório do Led Zeppelin para o nosso terceiro CD foi meio óbvia, já que é a banda que nos une na 'unanimidade' em termos de admiração no rock. Quando gravamos e lançamos a música 'Kashmir' o resultado foi excelente, uma repercussão surpreendente'', diz Ricardo Vignini.

Por meio de uma campanha de financiamento coletivo, a dupla reuniu os recursos e lança na próxima sexta-feira (13) “Moda de Rock Toca Led Zeppelin''.

“Essa ideia de fazer um CD somente de Led Zeppelin estava na nossa cabeça faz tempo, mas sabíamos que seria um grande desafio, é equivalente a fazer um álbum revisitando a obra do Bach, Paganini, Villa-Lobos. Seria o nosso trabalho mais complexo, ficamos contentes com o resultado'', afirma Vignini.

Enquanto saboreia os resultados do bem-sucedido “Rebento'', seu mais recente álbum solo, Vignini avança em mais um trabalho de qualidade. Ele e Zé Helder conseguem aliar virtuosismo, feeling extraordinário e qualidade técnica impecável em um trabalho soberbo.

Para quem conhece o trabalho do Moda de Rock, o novo CD certamente será uma obra inestimável, e uma amostra pode ser apreciada nesta versão de “Kashmir'', com a participação de outro craque, Marcos Suzano.

Fonte: UOL

comentários

| ABROLHOS FM - A PRIMEIRA DA BAHIA!'); }
Estúdio Ao Vivo